Depende do objetivo. Demonstrou-se que o treinamento em si melhora a flexibilidade articular de maneira não muito diferente dos protocolos de alongamento. Se o objetivo for interferir sobre propriedades mecânicas do MÚSCULO, pela presença histórica de fibroses, por exemplo, estes exercícios são eficientes. Na minha opinião, em atletas com um histórico de muitas lesões musculares (muitos anos de prática esportiva lesiva), é necessário. Sempre longe dos momentos de treino. Eu faço à noite, antes de dormir. Inclusive ajuda a relaxar.

 

Current concepts in muscle stretching for exercise and rehabilitation.