Um governo que faz valer exclusivamente os anseios, expectativas, crenças e desejos de uma maioria sobre todas as minorias chama-se DITADURA. Uma ditadura é um governo autocrático, sem restrições, regulamentações legais ou mecanismos de negociação de interesses. Numa ditadura, só vale um interesse: aquele avalizado pelo grupo que está no poder.

As piores ditaduras são as populistas, onde os interesses de uma maioria qualquer são violentamente impostos sobre toda a sociedade. É só lembrar do fascismo e nazismo originais, do Talibã e dos vários governos populistas sangrentos da America Latina.

Quem é a maioria aqui no Brasil? Acorda, Alice! A maioria é machista, evangélica e não teria dúvidas em linchar você, bobo, que acha linda a marcha das multidões na morte do Chavez! A sua voz seria rapidinho calada por essa maioria. Você, que se acha feminista e acena bandeirinhas de “interseccionalismo” – você também dança num sistema desses.

Democracia é o jogo difícil, freqüentemente sujo e incerto, de negociação de diversos interesses em equilíbrio dinâmico. Tem que ser pluralista ou ter mecanismos de acomodação de interesses conflitantes. É freqüentemente o gerenciamento do inevitável ódio sectário, que continuará existindo, e tem que ser regulamentado.

Você, PSTU-zinho, que quer monopolizar qualquer movimento, não passa de um totalitário tão escroto quanto qualquer outro: não existe esquerda e direita faz tempo.

Você, que fala mal da classe média, ignora que ela existe tão pouco quanto o “proletariado”, pois uma economia contemporânea de mercado já transcendeu estas categorias há muito tempo.

Você, que ao final de uma eleição onde vence o PT posta nas mídias sociais o mapa de São Paulo de maneira ameaçadora, dizendo que os moradores das zonas onde outros partidos venceram serão vítimas de revanchismo: você é autoritário e conservador, moço (ou moça).

Você, que não entende a História, comete o crime da irresponsabilidade intelectual.

Combater a opressão de maneira alguma pode levar ao raciocínio simplista e logicamente falso de que o oprimido deve ser conduzido sozinho ao poder e governar com suas regras. Foi assim que a História foi manchada de sangue, idéias suprimidas, desenvolvimento científico e tecnológico bloqueado e muita mulher transgressora, gay e minoria étnica torturada, linchada e executada.