democracia

Sororidade no dos outros é refresco

Aparentemente, a Bianca iniciou um interessante experimento político com seu artigo sobre por que não transa sororidade (veja link abaixo). Não vou reproduzir os argumentos que foram expostos ad náusea no dito debate. Um aspecto, no entanto, me chamou atenção: a pistola apontada para nossas cabeças, por parte de pseudo-revolucionárias, disparando falsas dicotomias: sororidade X […]

Sororidade no dos outros é refresco Leia mais »

Minorias, maiorias e poder

Um governo que faz valer exclusivamente os anseios, expectativas, crenças e desejos de uma maioria sobre todas as minorias chama-se DITADURA. Uma ditadura é um governo autocrático, sem restrições, regulamentações legais ou mecanismos de negociação de interesses. Numa ditadura, só vale um interesse: aquele avalizado pelo grupo que está no poder. As piores ditaduras são

Minorias, maiorias e poder Leia mais »

O paradoxo dos anacrônicos contra a vanguarda

Comentário com pré-requisito (antropologia 201-II, psicologia social 3, teoria do Estado): eu acho curioso como, nos esportes, infelizmente ainda parcialmente colonizados por uma fauna culturalmente indigente, tenho sido acusada de ser portadora de paradigmas "antigos". Referem-se ao meu "radicalismo" na inegociabilidade da ética, da justiça, da administração transparente e democrática e do princípio da inclusão

O paradoxo dos anacrônicos contra a vanguarda Leia mais »

Meritocracia no jogo e na vida social

Muito antes de eu descobrir o objeto destas acaloradas discussões – o Powerlifting, ou Levantamento Básico – eu fui uma cientista. Nos anos 90, fiquei mais ou menos conhecida numa pequena comunidade por minhas publicações sobre “excelência científica”, mais especificamente “excelência científica em países periféricos”. Todo cientista que tem a chance ou os culhões para

Meritocracia no jogo e na vida social Leia mais »

Rolar para cima