De maneira geral, a atividade física propicia que o praticante se APROPRIE, ou se RE-APROPRIE de seu corpo. Essa idéia deriva do conceito de ALIENAÇÃO CORPORAL, segundo o qual somos socialmente separados de nossos corpos através de uma falsa cisão entre mente e corpo. Essa dualidade tem origens históricas remotas e se instaura muito precocemente na vida das pessoas.
O treinamento de força é a atividade que mais favorece e provavelmente a única que permite uma plena re-apropriação do corpo pelo indivíduo por promover:
1. o desenvolvimento e recuperação do controle da função motriz mais básica, a FORÇA.
2. consciência corporal completa (relativa à amplitude do movimento, força, potência, velocidade e equilíbrio)
3. percepção de controle sobre modificações morfológicas (aumentar ou diminuir partes do corpo, modificar a composição corporal quanto a gordura e massa magra).

A mulheres são mais atingidas do que os homens pela alienação corporal, por motivos que remontam à estrutura das relações de gênero em nossa sociedade. Assim, apesar de musculação ser um desafio proporcionalmente maior para a mulher do que para o homem, também representa um benefício proporcionalmente mais decisivo.

Marilia


BodyStuff