Boa noite ou bom dia, Gabriel. Sou a Dra. Marília Coutinho, aqui no Brasil sou uma das responsáveis por difundir o conhecimento sobre os esportes de força e não apenas conheço pessoalmente o Fernando como tenho, por conta de minha formação, bastante familiaridade com análise do discurso e epistemologia.

Qual a relação entre estas três afirmações no contexto da minha réplica à sua embaraçosa acusação a um de nossos maiores ícones do esporte brasileiro?

Pela lógica e por uma área da linguística chamada pragmática, a semanticidade e significado são contextuais. A frase do Fernando que você citou foi extraída do contexto de uma entrevista à qual você não deu acesso aos seus leitores. Isso indica uma das duas seguintes possibilidades: desconhecimento, de sua parte, das normas de bom procedimento jornalístico. Segunda: manipulação barata, com intenções de difamação de nosso atleta de origens, para mim, desconhecidas.

Darei a você, ao contrário do que fez com o jovem Fernando, o benefício da dúvida. Vou considerar que você fez isso por desconhecimento de procedimentos, falta de conhecimento de metodologia, enfim…  pura incompetência.

Cabe a você, neste complicado momento, retratar-se perante toda a comunidade desportiva que certamente está indignada com sua afirmação. Ou você tinha alguma dúvida que um ato desta natureza violenta não seria viralizado pela internet? Faça a coisa certa: peça desculpas ao Fernando, à sua família e a nós, atletas e profissionais do esporte, além de uma nação que recebe a generosidade deste jovem que pouco apoio teve para o tanto que retorna ao país.

Uma sugestão amistosa: não cite a gravação. Tenho certeza que é bem possível que ele tenha dito essa frase num contexto que mostrará realmente quem atua contra o esporte e o interesse público. E não será ele.

Fernando é um jovem de 22 anos, talentoso, generoso, culto e que faz questão de manifestar seu respeito por todas as modalidades esportivas. Eu só posso imaginar o que possa ter sido dito ou feito a um atleta que deveria estar sendo tratado com extremo cuidado, em período de concentração, para levá-lo a se descontrolar. E se estivesse ao meu alcance, o autor de uma ação delinqüente como esta provocação, este sim, seria denunciado publicamente por todos os canais aos quais eu, mais que você, tenho acesso.

Aguardo sua resposta – a mim e ao país.

Dra. Marília Coutinho

 

Post original do difamador:

http://conexaogrenal.com/2012/07/levantador-de-peso-diz-que-futebol-nao-e-esporte/

 

MARILIACOUTINHO.COM – idéias sobre treinamento de força, powerlifting, levantamento de peso, strongman, esportes de força, gênero e educação física. Ideas on strength training, powerlifting, weightlifting, strongman, strength sports, gender and physical education.

A vida é pentavalente: arranco, arremesso, agachamento, supino e levantamento terra. Life is a five valence unit: the snatch, the clean and jerk, the squat, the bench press and the deadlift.