Preciso urgentemente doar inóculos de kefir, ou meu sentimento de culpa ao jogar o excesso no lixo não vai me deixar em paz. Os amantes de kefir o consideram uma panacéia universal e eu confesso que é uma das minha wonderfoods favoritas.

O problema é que se reproduzem rapidamente e, de uma cultura original de uma xícara de inoculo você facilmente chega a quantidades inadministráveis. O primeiro passo, para todo mundo, é congelar inóculos para quando o seu morrer. Mas ele não morre e seu freezer tem espaço limitado.

Aí começa o problema.

O kefir é um pro-biótico tradicional de culturas asiáticas, originado no Cáucaso. Outros nomes incluem: kephir, kewra, talai, mudu kekiya, matsoun, matsoni, waterkefir, milkkefir.

O kefir consiste de grãos formados por bactérias e fungos que podem incluir:  Lactobacillus, Streptococcus, Pediococcus e Leuconostoc (bactérias) e Saccharomyces, Candida, Kloeckera (fungos).

Têm a aparência de grãos, como sagu ou tapioca. A foto abaixo é da minha cultura:

 

 

 

A cultura de kefir pode ser feita com leite ou água. Se for feita com leite, produz uma espécie de iogurte fino e se for feita com água adoçada (existem várias receitas, a minha é com açúcar mascavo) produz um líquido um pouco azedo, ligeiramente gaseificado e de vez em quando um pouco alcoólico.

Os benefícios à saúde associados ao consumo do kefir que constam na literatura são muito variáveis, uma vez que níveis aumentados de componentes do complexo B, por exemplo, dependem do substrato utilizado (leite, água adoçada, suco de frutas).

Pesquisas identificaram um polissacarídeo complexo com atividade biológica variada, que vai desde propriedades anti-inflamatórias até controle de colesterol e glicemia (http://users.sa.chariot.net.au/~dna/kefirpage.html ).

Eu pessoalmente tratei minha filha e amigos com problemas de constipação e o resultado é muito rápido e indiscutível. Eu não tenho problemas de constipação, nem pressão alta, nem dor de estômago – nada cujo controle ou cura eu possa verificar sem um exame laboratorial. Assim, não tenho idéia do quanto o kefir me beneficia ou deixa de beneficiar. Tenho a ligeira impressão de que me sinto “genericamente” bem com ele, que minha pele parece ficar mais legal, mas suspeito que seja o efeito “wonderfood”: só de consumi-lo, já me sinto protegida.

 

As melhores referências são as da wikipedia:

http://en.wikipedia.org/wiki/Water_kefir

http://en.wikipedia.org/wiki/Kephir

 

e também:

http://users.sa.chariot.net.au/~dna/kefirpage.html

 

E a tradução de boa parte dela para o portugues:

http://paginas.terra.com.br/saude/kefir/index.htm

 

Se alguém quiser inóculos, mande um e-mail para mim e combinamos. Morro de dó de jogar fora e os meus crescem muito. Acho que vou começar a come-los também.

 

Marilia

 

BodyStuff