Desde as 17h tenho tentado fazer minha parte nessa corrente que sei lá de onde veio. Mas recebi de tantos amigos interessantes, me parece tão benigna e de poucos efeitos colaterais negativos que resolvi aderir. Não foi difícil: apenas me dedico ao que é meu foco central dos últimos tempos. Conseguir viabilizar a coisa mais transcendente com a qual tive oportunidade de me envolver até hoje, que é o projeto do Gilson em Paraisópolis. Ganhei de presente um espaço nele, então é meu desejo, enviado sei lá de que jeito ao cosmos para que ressone, se multiplique, se pulverize, se transforme em mil estrelinhas e pó de pirlimpimpim chovendo nas crianças de Paraisópolis. E nas inúmeras Paraisópolis São Paulo afora, Brasil afora, Índia afora, mundo afora, onde crianças idênticas, lindas, inocentes, com pouca percepção dos problemas e da beleza que as cerca, brincam nas ruas. Que as estrelinhas e o pó brilhante chovam sobre essas crianças, leite de uma vaca sagrada imaginária, talvez meu próprio leite. Talvez esse seja meu desejo, me transformar nessa vacona imaginária, e que meu leite, que um dia secou, volte a jorrar. Que o ato da minha filha de se libertar de mim, de voar para o mundo além do ninho, se transformando em filha da Terra e do Universo, me liberte também e me transforme em vaca universal. Que o Universo me permita ter todo esse leite – eu e tantas outras vacas imaginárias, e que nosso leite chova sobre as crianças de Paraisópolis.

 

Marilia

 

BodyStuff

 

  • Anônimo

    Beijão no Coração…

    Que o forte sentimento de amizade que flui pelas minhas veias e visita de maneira circular e constante o meu coração… saia pela minha pele e de alguma forma supere a distância e ajude a você sob forma de carinho e atenção nesta nova corrente de boas coisas que circulam por sua vida.

    Que continuemos como você mesma disse um dia com a nossa cumplicidade e conspiração cósmica e que eu tenha muita luz para continuar a te doar sentidos sempre que eu puder.

    Sabe aqueles meus instintos… estou certo de que uma fase de muita libertação vai começar em sua vida (e uma fase cheia de leite, pode crer).

    E chega de bla, bla, bla…

    Um BEIJÃO você sabe de quem…