Bom dia,

Está sendo lançado pela Editora Phorte, com debate e coquetel na sede da mesma, o livro “Estética e Saúde”, da Dra. Marília Coutinho, ilustrado pelo cartunista Laerte Coutinho. A mesa de debate conta com o Dr. Paulo Cavalcante Muzy e o Nutricionista Rodolfo Peres.

O livro é produto de um duplo esforço: o primeiro foi uma compilação de textos da autora disponibilizados em blogs e outras mídias digitais. Entre as centenas de textos, vários percorriam o fio condutor da reflexão sobre saúde e estética. Mais precisamente, sobre as contradições que emergem tanto na prática dos profissionais da saúde como na vida e experiência corporal de qualquer um. O segundo esforço foi o de editar o material compilado. Os textos foram produzidos num intervalo de cinco anos. Foram precisamente os cinco anos em que Marilia Coutinho fez as transições entre a condição de cientista e acadêmica “stricto sensu” e o de produtora intelectual que flerta com a literatura; entre a produção científica e a produção técnica de saberes aplicados; entre as instituições públicas de ensino e pesquisa e uma diversidade de organizações; entre as ciências sociais voltadas ao estudo da ciência para a Educação Física, em suas diversas frentes, mas com um foco no estudo e prática da força. Finalmente, entre ser uma acadêmica e ter uma identidade profissional que comporta até mesmo a de atleta, visto que nessa condição foi patrocinada e exerci atividades profissionais.
O livro tem como tema subjacente a alienação e integração corporal. A autora reflete como esta dinâmica de cisão e síntese comanda a construção da corporalidade, a relação com o movimento, o espaço, o gênero, a beleza e a saúde.
Abaixo segue o sumário da obra, o perfil da autora e anexo os convites para o lançamento do livro (dia 25 de julho) bem como curso relativo ao conteúdo do mesmo (dia 31 de julho).
Caso tenha interesse e precise de mais informações sobre o livro entre em contato.

Att,

Parte 1
Estética e saúde: onde você fica nesse cabo de guerra 21
1 | A linha tênue entre estética e saúde 23
2 | Saúde 29
3 | Não mentirás 35
4 | Perguntas que não querem calar 39
5 | Academia não é entretenimento 41
6 | O dilema do professor de academia: sacerdotes involuntários 47
Parte 2
Alienação corporal: você separado do seu corpo e
como colocar os dois juntos novamente 51
7 | Alienação corporal 53
8 | Integridade e integração 61
9 | Poder, controle, control freakness e impotência 65
10 | Vítimas secundárias da alienação corporal: “Cuide de mim,
senão eu explodo” 69
11 | A alienação corporal pesa mais sobre a mulher 73
Parte 3
Nutrição: alimentando que corpo? 79
12 | Comida e corpo 81
13 | Manipulação nutricional: tecnologia e razão na construção
do próprio corpo 87
14 | Seríamos uma espécie evolutivamente fofa? 91
15 | Absurdos diabéticos 95
16 | Alimentos funcionais, wonderfoods e as bruxas 107
17 | Bases fisiológicas de uma dieta vegetariana, ou a falta delas 113
18 | Reflexões sobre o vegetarianismo: a questão da crueldade 119
19 | Ainda sobre crueldade, animais e sofrimento (mais
polêmica sobre o vegetarianismo) 123
20 | Escolhas da alma na mesa e no planeta: a opção vegetariana 129
21 | O invisível envenenamento do seu corpo no visível
envenenamento do planeta 137
Parte 4
Grilos com o corpo, grilos sérios e desordens alimentares 145
22 | Modelo morre de anorexia 147
23 | Culpa, responsabilidade e condicionantes sobre a morte
da modelo: qual é qual 151
24 | As meninas com blusas amarradas na cintura 155
25 | Sobrepeso e desordem mental 159
Parte 5
Outras estéticas: minorias, maiorias e, afinal, o que
é beleza 163
26 | Grups: sobre ser quarentão hoje 165
27 | Piercing, tattoo e a separação mente/corpo 173
28 | Seios 177
29 | Sensual e vulgar 183
30 | Síntese das ideias sobre preconceito muscular 187
Referências 191

Informações sobre a autora

Marilia Coutinho possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1985) , mestrado em Ecologia Química pela Universidade de São Paulo (1989) , doutorado em Sociologia da Ciência pela Universidade de São Paulo (1994) e pós-doutorado pela Virginia Polytechnic Institute and State University (1997). Foi professora da Universidade da Florida e da Universidade de Brasília. Possui trabalhos publicados em diversos países em revistas científicas referenciadas sobre temas ligados à sociologia das ciências da vida e centenas de artigos publicados sobre diversos aspectos da atividade física, esporte, imagem corporal, educação física e nutrição. Atualmente é diretora da empresa de consultoria em pesquisa Merton MZM, pesquisadora associada do GEPEFFA (Grupo de Estudos e Pesquisa em Exercício Físico e Fisiologia Aplicada), conferencista e professora na área de treinamento e esportes de força, e coordenadora de projetos esportivos. Marilia Coutinho é também atleta de alto rendimento em Levantamento Básico, sendo detentora de diversos recordes regionais, nacionais e sul-americanos em supino, agachamento e levantamento terra, além de treinadora de outros atletas de alto rendimento. A atleta é representante nacional da Sindicated Strength Alliance e do Global Powerlifting Committee e do World Powerlifting Congress. Marilia Coutinho é credenciada junto ao CREF na área de treinamento de força (CREF 059869-P/SP )

Currículo Lattes:
http://lattes.cnpq.br/5658733819493003

Currículo esportivo:
http://www.athletebio.com/bra1963f1

Sites e blogs de Marilia Coutinho
http://www.bodystuff.org
http://www.virtusetfortia.com
http://www.portaldoferro.com
http://mariliacoutinho.livejournal.com/
http://sistersteel.livejournal.com/
http://blog.bodybuilding.com/marilia05/

Curso sobre o conteúdo do livro dia 31 de julho
http://www.institutophorte.com.br/viii-encontro-internacional-esporte-atividade-fisica/

51 – ESTÉTICA E SAÚDE: COMO ATUAR COM EFICIÊNCIA E ÉTICA ENTRE AS PRESSÕES DA MIDIA E A DESINFORMAÇÃO EM SAÚDE
Dra Marilia Coutinho – CREF 059869-P/SP
Serão abordadas as seguintes temáticas, suas contradições e alternativas de ação para diferentes profissionais e indivíduos preocupados com saúde e estética em geral:
1. Os conceitos relacionados a saúde, normalidade e boa forma. Origens históricas e análise crítica dos conceitos de modo a otimizar a atuação dos profissionais em benefício da população de modo geral;
2. O conceito de alienação corporal e sua contraparte, a integração corporal. No que consiste, suas origens e causas e como superá-la em busca de uma condição benéfica para o indivíduo
3. Desordens decorrentes do estado alienado, como a sociedade as administra e as alternativas existentes
4. A atividade física, o esporte e a alimentação no contexto da integração corporal. Bases fisiológicas e culturais de diferentes práticas corporais e alimentares, como os esportes de força e hipertrofia, vegetarianismo versus onivorismo, entre outras questões.