Um amigo perguntou:
 
Gostaria de saber qual é a sensação/sentimento que você tem ao ter um corpo esculpido por musculos, ao ver que você tem mais força que muito frangote na academia, ao ver seu abdomen trincado, ao sentir os músculos explodindo em sua roupa, ao ver homens e mulheres te admirando
 
Por partes:
 
1. “qual é a sensação/sentimento que você tem ao ter um corpo esculpido por músculos”
 
Em uma palavra: PODER. Essa é a sensação. Elaborando um pouco, é a maravilhosa sensação de CONTROLE sobre o próprio corpo, o próprio destino e a própria vida. Essa sensação, no início, me causou euforia. Agora acho que é a base da minha serenidade. É algo que só vi entre praticantes de técnicas de meditação e artes marciais.
 
2. “(qual é a sensação/sentimento que vc tem ao) ver que você tem mais força que muito frangote na academia”
 
Mais uma vez, no início, um certo orgulho besta e euforia. Depois, nada. Agora, solidariedade, já que estou lá para ajudá-los (sou proprietária de uma academia).
 
3. “(qual é a sensação/sentimento que vc tem ao) ver seu abdomen trincado”
 
Não tenho abdômen trincado e não tive um mesmo com os meus mais baixos BFs. Eu precisaria secar muito mais para tê-los visíveis com a minha genética, que favorece mais volume nos braços, dorsais e ombros. Mas eu não dou muito valor a baixos BFs exceto em atletas em competição – dou muito mais valor a força e volume do que a definição.
 
 
4. “(qual é a sensação/sentimento que vc tem ao) sentir os músculos explodindo em sua roupa”
 
Muito boa!
 
5. “(qual é a sensação/sentimento que vc tem ao) ao ver homens e mulheres te admirando”
 
Ambivalente… Tem um lado bom e ele está associado à parte positiva da admiração. É muito bom se sentir vitoriosa, bem-sucedida e em controle e quando somos admiradas por isso, em parte é um espelho positivo. Também é muito bom (para mim) ser objeto de atenção sexual masculina, já que sou mulher e heterossexual. É como uma confirmação permanente da minha sexualidade, que na minha idade é negada às mulheres que se deixam degenerar. Existe um lado ruim, que é o isolamento. Ser admirada como “freak”, como aberração. Isso é desagradável.