Vários estudos nas últimas decadas registraram uma relação entre obesidade e psicopatologia. Num estudo de 1994, Telch e Agras (Telch CF, Agras WS., Obesity, binge eating and psychopathology: are they related?, Int J Eat Disord. 1994 Jan;15(1):53-61.) identificaram uma relação positiva entre as gravidades de “binge eating disorder” e dos sintomas psiquiatricos observados. Um outro estudo longitudinal de grande impacto, realizado ao longo de 20 anos e publicado o ano passado, confirmou a forte associação entre sobrepeso e psicopatologia (Psychol Med. 2004 Aug;34(6):1047-57.The associations between psychopathology and being overweight: a 20-year prospective study. Hasler G, Pine DS, Gamma A, Milos G, Ajdacic V, Eich D, Rossler W, Angst J.). Num estudo de 1999, Cassidy e colaboradores identificaram uma alta prevalência de diabetes melitus entre pacientes portadores de desordem bipolar (Cassidy F, Ahearn E, Carroll BJ., Elevated frequency of diabetes mellitus in hospitalized manic-depressive patients. Am J Psychiatry. 1999 Sep;156(9):1417-20.). Além disso, entre os bipolares, os diabéticos sofriam sintomas mais graves. Três hipóteses foram levantadas para explicar esse quadro: problemas relacionados com o uso de corticóides por diabéticos (que estimulariam mania), fatores genéticos associando duas formas de disfuncionalidade e efeito dos medicamentos psicotrópicos. Não foram relatados os dados relativos ao peso e composição corporal desses pacientes, nem tampouco a correlação entre essas variáveis (peso/composição corporal, consumo de psicotrópicos, diabetes e gravidade dos sintomas). Fica difícil ir muito longe sem essa análise.
Por trás dessa relação perversa entre sobrepeso e desordem mental existem tabus. O primeiro e mais complicado deles diz respeito ao uso de psicotrópicos. Uma vez, um paciente grave (aposentado por invalidez), dos Estados Unidos, me disse: “vamos parar com a hipocrisia: exceto por topamax (topiramato) e lamictal (lamotrigina), todo o resto dessas coisas vai estufar você”. Ele tem razão: com raríssimas exceções, os medicamentos psicotrópicos causam duas coisas: ganho de peso (e ninguém tem interesse em identificar as causas desse ganho) e diminuição da libido (conveniente a todos, já que doido não tem que trepar, mesmo). Pacientes adultos portadores de desordem mental, hoje em dia, com a prescrição selvagem e indiscriminada de psicotrópicos, geralmente não são mais “farmacologicamente virgens”: são ou já foram tratados. A relação entre o consumo presente ou passado dessas substâncias e o ganho de peso não é estudada – é tabu.
O outro tabu é a expressão, no corpo, de formas de violência. A relação entre desordem mental e abuso (infantil ou não) é alta. Reagir ao abuso através da deformação do próprio corpo com sobre-alimentação é outra relação conhecida, mas não estudada adequadamente.
Existem outros tabus, que se complicam pela relação com a sexualidade, mas esses eu deixo para depois.
Por que tabus? Porque não convem nem à comunidade médica nem à indústria farmacêutica trazê-los à luz. São assuntos proibidos. O “custo” em quilos de gordura inútil (e consequentemente em auto-imagem, sexualidade, etc.) para a “estabilização” (sempre questionável) emocional proporcionada pelos psicotrópicos é algo com o que os pacientes devem docilmente arcar, sem reclamar, sob risco de serem violentamente repreendidos pela sociedade. A começar por seus médicos.
Quanto tempo vamos aguentar, coniventes, essa violência silenciosa?

Marilia


BodyStuff

  • Anônimo

    Subject1

    Hello

    G’night

  • Anônimo

    Thank You for site

    Thank you for your site. I have found here much useful information.
    Good site ! 😉

  • Anônimo

    it could be

    stop that pigeon

  • Anônimo

    test_1

    test_1

  • Anônimo
  • Anônimo

    mariliacoutinho.livejournal.com 18 FIRST SEX

    mariliacoutinho.livejournal.com amateur!
    This amateur teen babe with an inviting body is sexy as hell, plus the view of her homemade nasty pics looks super exciting! She’s a first-time model but it seems like she’s ready for anything to make her lover’s horny dick pulse with desire!
    [url=http://sex.7ro.ru]CLICK HERE sex.7ro.ru[/url]
    [url=http://sex.7ro.ru] [img]http://img.royal-cash.com/promo/41/banners/711_18fs_300x300.jpg[/img] [/url]
    amateur radio contest
    amateur golf events
    mid amateur golf
    amateur radio net
    amateur golf competition
    amateur robotics
    amateur radio grants
    amateur telescope pictures
    austin amateur golf
    amateur radio field day


  • Anônimo

    Construction

    In the past few years QUOIN spearheaded the development of a program called DBO2 to dramatically improve the inspection process. With DBO2 superintendents can document their observations on a Personal Data Assistant (PDA) and http://prorab.web44.net transmit their results immediately to all levels of the company. This provides the formal documentation of inspections as required by OSHA, and communicates potential issues to the general contractor’s representatives who can address them.

  • Anônimo

    Construction

    In the past few years QUOIN spearheaded the development of a program called DBO2 to dramatically improve the inspection process. With DBO2 superintendents can document their observations on a Personal Data Assistant (PDA) and http://prorab.web44.net transmit their results immediately to all levels of the company. This provides the formal documentation of inspections as required by OSHA, and communicates potential issues to the general contractor’s representatives who can address them.