Mary Oliveira é minha amiga (por enquanto virtual). Ela é psicanalista, atleta, mãe e avó e tem 56 anos. É uma pessoa que se expressa pelo texto, pela voz e pela imagem – em todas as midias, com competência e generosidade. Mary Oliveira é minha referência de ser completo e integrado. Acho que todos necessitamos de referências concretas para pensar a nós mesmos e ao mundo e, desde que não se torne uma forma de distanciamento e estereotipação, acho que é uma relação positiva. Mary é generosa ao se oferecer a esse papel – afinal, sabe que é única em sua espécie, marco original de um desejável e potencial mundo novo pelo qual eu e alguns outros lutam, de forma confusa, pouco sistemática e pouco organizada. Ela sintetiza nossos desejos e nossos esforços e permite que nos apropriemos desses símbolos.
Mary é possivelmente a mulher mais bela que já vi nos últimos muitos anos. Existe uma simetria e equilibrio espetaculares em seus músculos bem desenvolvidos. É uma mulher bastante musculosa e muito feminina. Em nada se parece com uma menininha e não há indícios de alguma estratégia (sempre triste) de resistir ao tempo e ao amadurecimento inexorável. Não há nenhum indício de derrota e sujeição à decadência e degeneração inevitáveis aos que não atuam sobre seus corpos e suas mentes. As linhas suaves de seu belo rosto transmitem compreensão e carinho. Ela se apropriou do tempo como adição, e não subtração. Ela é mais, e não menos, pelos anos que acumula.
Fiquei pensando no que ela representa para mim e, com certeza, para muitas outras mulheres e homens. Para mim, é a peça que faltava no meu quebra-cabeças. O primeiro texto desse blog fala de uma mulher que não existia, a mulher destinada a dominar o desafiador e tecnológico mundo novo que se afigura. A mulher corajosa e ousada, que usa os intrumentos tecnológicos e do saber para criar não apenas sua representação, mas seu próprio novo corpo. Eu imaginava essa mulher e não conhecia Mary. Hoje eu coloquei um rosto e um corpo na minha personagem. À frente do meu (realmente) admirável mundo novo, está Mary.

(ela ainda não tem um site pessoal, mas vai ter. Por enquanto, vocês precisam encontrá-la no orkut, onde podem admirar maravilhosas fotografias)

Marilia


BodyStuff